Favoritos #5: Setembro

Setembro foi um mês bem corrido. O mais atarefado do ano até agora. Se eu achava que o 4º período do curso tinha sido difícil, foi apenas porque o 5º não tinha chegado. O cansaço é grande, eu tenho dormido muito pouco e qualquer momento que aparece para relaxar nunca é o suficiente. Mas ninguém disse que seria fácil, né? Por isso que os posts do mês passado foram tão escassos. Em outubro as coisas vão se normalizar um pouco, mas daqui a pouco novembro tá aí e a loucura de fim de período volta a atacar. Apesar dos pesares, os favoritos foram bastante especiais. Vamos a eles:

fotor_147609925476151

  • O Retrato de Dorian Gray (1890), de Oscar Wilde

Definitivamente, este foi o maior favorito do mês. O Retrato de Dorian Gray é um livro reflexivo e instigante do qual eu não conseguia desviar os olhos. Todo o momento que eu conseguia parar e ler era uma alegria, podia estar no ônibus, no metrô ou na sala de aula que eu esquecia do mundo e me envolvia totalmente com a história. Para quem perdeu, fiz uma resenha bem legal sobre ele essa semana. Dá uma conferida:

“Wilde tem uma escrita muito elegante e requintada […] Apesar de ser um livro forte, o autor consegue trazer o enredo de forma mais sutil e reflexiva do que qualquer outra coisa. Sem dúvida esse foi o ponto que mais me encantou na leitura, o enredo discute a vaidade, o belo, o efêmero, critica a moral da sociedade da época trazendo questões como a vida dupla e o cinismo. […] todos os capítulos têm alguma coisa a discutir, me surpreendi porque essas divagações não me entediaram, só me fizeram amá-lo ainda mais.”

Além de ser um clássico da literatura inglesa e mundial, se tornou um dos clássicos da minha vida. Vale muito a pena ler.

  • Cigarette Daydreams – Cage The Elephant

Baixei toda a discografia do Cage The Elephant, mas ainda não tive tempo de escutar. Exceto Cigarette Daydreams, que não saiu da minha cabeça esse mês. E tem como não? É uma delícia de sair cantando e dançando por aí.

  • Brechós e o Little Black Dress

Um dos meus trabalhos da faculdade em setembro foi fazer uma matéria sobre um assunto da minha escolha. Depois de ler uma matéria na Revista Capitolina, tive a ideia de falar sobre brechós, um assunto que eu conheço basicamente, mas que sempre tive vontade de descobrir mais. Então saí pesquisando vários brechós daqui de Recife, onde eu moro, para visitar e fazer a matéria. No fim das contas, além de fazer meu trabalho, foi incrível descobrir tantos lugares legais para comprar roupas gastando muito menos do que se eu fosse ao shopping. Quero publicar a matéria aqui no Flamingos quando ela estiver finalizada, o que deve acontecer lá pelo fim de novembro.

Em uma dessas visitas, como proferiu Ines de La Fressange em A Parisiense, encontrei meu little black dress da vida em um cantinho escondido nas araras do brechó. Foi instantâneo: eu olhei para ele e soube na hora. Quando vesti me senti a própria Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo (1961), parada em frente à Tiffany’s. E custou apenas 20 reais. Melhor compra do ano até agora.

  • “Muito Mais Que o Amor” Ao Vivo – Vanguart

Já fazia um tempo que o Vanguart vinha postando no canal deles no YouTube vídeos com as músicas que fazem parte do setlist do novo DVD. A produção está muito mais bonita que a do último e finalmente é possível falar: “sim, o Vanguart tem um DVD”. No fim do mês o show começou a passar na programação do Canal Bis e não teve nada melhor que ligar a TV cedinho para assistir. Apesar ter sentido falta de Miss Universe, esse é o melhor apanhado de músicas deles, principalmente por ter as minhas preferidas do queridinho Boa Parte de Mim Vai Embora, o segundo CD.

aquarius
Imagem: Carta Capital
  • Aquarius (2016), de Kléber Mendonça Filho

Não teve como não ser Aquarius o filme do mês. Virou assunto em casa, na faculdade, na saída com os amigos, no curso, na padaria. Ao menos em Recife, não se falava em outra coisa senão nele. Quem ainda não teve oportunidade de assistir não perca mais tempo, é um filme importantíssimo para o momento do Brasil, tanto sua parte técnica, impecável, quanto seu conteúdo, que ainda reverbera por aí. Para conferir todas as minha impressões a respeito dele, não deixa de conferir a crítica aqui no blog.

Crystal Ribeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.