Dê tempo ao tempo

20160401_103936

 

Arrume tempo para conversar com a senhorinha que mora ao seu lado, arrume tempo para ler um livro, para caminhar até o trabalho nos dias de sol em vez de ir de metrô, arrume tempo para viajar com os amigos no final de semana.

Arrume tempo para se conhecer, para se ouvir, arrume tempo para mudar, arrume tempo para descansar, arrume tempo para dizer sim, para dizer não, arrume tempo para ouvir o silêncio, arrume tempo para cuidar do corpo, arrume tempo para comer bem, arrume tempo para se perguntar quem você é, o que você quer.

Para telefonar para a sua avó no dia do aniversário dela, e para enxaguar o cabelo com água fria como ela te ensinou. Para dar atenção aos seus filhos, respirar profundamente, para fazer um suco de laranja no café da manhã. Arrume tempo para ir ao museu, para passear na floresta e escutar o barulho dos bichinhos no mato. No verão, faça um jardim de temperos com uma criança, leia uma história para ela. Arrume tempo.

Arrume tempo para ter tempo, porque ninguém vai fazer isso por você.

E brinque no banho, como fazia quando era criança.

‘Como ser uma parisiense em qualquer lugar do mundo’, 2014 (pág. 126)

Que assim seja.

Crystal Ribeiro